terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Ok, sei que estou sumido. Tenho trabalhado bastante, e não estou conseguindo conciliar as tarefas da empresa com minhas outras atividades (o que é o certo a se fazer, no horário de expediente). Tenho chegado cansado, e uso a internet apenas para concluir projetos pessoais, como uma webpage que estou construindo, e não tenho tido tempo pra postar tudo o que tenho aprendido ou visto no meu dia-a-dia.

Agradeço de coração às pessoas que têm visitado o blog, mesmo com esse quase 1 mês sem posts novos. Não pretendo abrir mão do blog, creio em Deus que esse é mais um meio em que posso abençoar vidas, e espalhar as maravilhas de Deus por esse mundão que é a internet.

Porém esse post é especial. É a resposta pra um comentário que recebi da Maria de Lourdes:

Maria, quero muito responder ao seu post, mas você não deixou seu e-mail! Por favor, entre em contato comigo me passando seu e-mail ou autorizando a resposta aqui no blog. Tenho certeza que seu contato não foi obra do acaso, e quero muito poder ser um instrumento de Deus em sua vida. Estou à sua disposição.

2 comentários:

Anônimo disse...

Rodrigo,fiquei emocionada de ver que me respondeu,estou mesmo precisando de ajuda.meu email é mariaalianca@hotmail.com.Hoje eu estava procurando comunidades relacionadas com o grifa,encontrei mas me parece que estão meio paradas.Participei do grifa em 99,pela igreja batista de campo grande.Morei em paciencia,minha sogra ainda mora ai,e minha mãe é de santa Cruz.Acredito que minha sogra conheça algumas pessoas de monte horebe,ela vai de vez em quando visitar esta igreja.Deus te abençõe.

maria de lourdes disse...

Olá Rodrigo,estou eu aqui no blogger novamente,quero dar meu testemunho,esotu mesmo precisando falar.
Quando participei,do encontro em 99,estava passando uma das piores crises do meu casamento .
Estava desistida,amargurada e muito decepcionada,minha sogra nos inscreveu sem falar nada,e justamente na semana da briga mais feia era o encontro.
Deus é maravilhoso,e prepara tudo com perfeição,nós é que somos falhose muitas vezes ainda queremos testar Deus.
Enfim,ele já de família cristã e apesar da vida mundana,tinha valores familiares,pelomenos não relutou em aceitar,eu fui cheia de esperança,queria mudanças ou não sabia mais o que fazer.
Nós na época,já estávamos com o segundo filho,ele tinha dois meses,a menina tinha sete anos.
Apesar de tudo tinhamos uma família linda,uma perfeição de Deus.
Bom passamos pelo encontro,o encontro foi como um balsamo,todos os sonhos foram resgatados,nos entendemos com espectativas diferentes.
Mas infelizmente,ainda tinhamos muitas lágrimas para derramar,pósso dizer que o encontro selou nóssa união,para sempre,mas tivemos muitas crises.
Começei depois de um tempo a caminhar sozinha na presença de Deus e me batizei,e ele bebendo cada dia mais,traições,mentiras.....
Enfim,tudo que o mundo oferece de pior.
Mas eu, embora sofrendo muito,via que ele também sofria,e que com tudo não deixava de me amar e o meu amor também,embora muito sofrido,eu não tinha dúvidas que o amava.
Foi em 2.000 que nos mudamos para o vila velha,e eu que estava firme no senhor,começei a ser visitante de igreja,minha vida de ruim piorou,e meu casamento em dois anos que esava morando aqui ,se tornou apenas trapos velhos.
Entre muitas lágrimas e dor,eu e ele conversamos e concluimos que tinhamos chegado no fundo do poço.
E não havia mais nenhuma maneira de continuarmo convivendo juntos,eu o amava e odiáva,com a mesma intensidade,e ele também.
Foi quando,conversamos com nóssos filhos,ela com 8 quase nove anos e ela comquatro anos,e foi as pióres lágrimas que eu já havia chorado,e ele idem.
A proporção da dor que causamos a nóssos filhos,era triplicada a tudo que já havia sofrido.
Foi ai que em meio á lágrimas de sangue,decidimos juntos buscar uma igreja para tertarmos nos firmar novamente.
Lógo naquele domingo,me derramei aos pés do senhor,e pedi perdão pelo tempo de rebeldia,pois eu só fazia chorar.
E após aquele dia já tinha certeza que a tempestade havia passado,aquela mesma semana já foi tudo diferente em minha casa.
E quando chegou domingo,próximo foi a vez do meu esposo,desta vez derramei lágrimas que nunca havia derramado,era uma felicidade sem preço.
Pois o preço,sabia eu que Cristo já havia pago.
Bom ,mergulhamos de corpo e alma em tudo que nos ensinavam,fazíamos tudo conforme tinha que ser.
E em pouco tempo,todos os vícios ficaram no passado,as dores,as amarguras,foi ministrado o perdão em nóssos corações.
Todo o lixo,saiu como um milagre,então caminhamos agora para uma nova direção,nova vida,eis que tudo se fez novo.
Bom agora vem a outra parte do testemunho,fiquei nesta igreja três anos,é uma igreja na visão g12,não sei se você conhece.
Depois do término desses três anos,vi que estava questionando muitas coisas,práticas da igreja que não concordava.
Eu e ele,já estávamos bem envolvidos com a obra na igreja,éramos obedientes a nóssa liderança.
Mas esses questionamentos me incomodavam,e começei a me sentir presa,e não mais livre como deveria ser.
A doutrina da igreja,é manipuladora,trabalham no emocional das pessoas,fazem com que nos prendamos a eles,por gratidão a a eles.(os líderes)
Não compreendia,porque estava me sentindo triste,e aprisionada.Quando menos percebí estava em depressão,e meu esposo fazia de conta que era só um momento ruim que ia passar.
E não fiquei assim por um ano,não conseguindo resouver meu problema na igreja,recebí ajuda de familiares,que são de uma assembléia de Deus.(ASSEMBLEIA DE DEUS DESAFIOS, pastor ELY BLUNK.
Então começou o meu drama,consegui sair da depressão,meus filhos estão felizes e me acompanham,mas meu esposo,se sente traído pela própria família.
Minhas lágrimas agora,são em decorrencia de uma divisão,dentro do corpo de cristo.
Estou muito triste,mas desejosa de viver nóvos horizontes,e recomeçar mais uma vez.Bom creio que já falei quase tudo.Que Deus abençõe a você e sua família.
mariaalianca@hotmail.com